Procurador Federal Morre em Iniciação Maçônica

O procurador federal lotado na Fundação Nacional do Índio (Funai), Guilherme Moragas, faleceu na noite de sábado (5), em Cuiabá, enquanto supostamente participava de um ritual de iniciação da Maçonaria

A suspeita é de que tenha sofrido um ataque cardíaco fulminante.

O fato ocorreu na Loja Maçônica localizada na região da Morada do Ouro, denominada Templo da Harmonia, tida como uma das lojas de “potência” de Mato Grosso.

Ainda não se sabe as causas da morte e, por isso, o corpo deve passar por uma autopsia, que deve ser concluída em 30 dias, para então concluir as razões da morte súbita. O corpo do procurador foi levado para Itanhangá, Minas Gerais, onde reside a sua família.

A maçonaria é envolta de mistérios, já que os seus membros não revelam os rituais ali seguidos. Para o ingresso à “sociedade discreta”, como é chamada, tem alguns critérios, como, por exemplo, aceitar, em termos gerais, um novo princípio, inclusive, abrindo mão de tudo o que era antes da iniciação.

Fonte: Pollyana Araújo
Olhar Direto

Fonte: http://www.expressomt.com.br/noticia.asp?cod=106545&codDep=3

Uma resposta to “Procurador Federal Morre em Iniciação Maçônica”

  1. realmente aconteceu, só que foi em 05/06/2010. o caso não teve maior repercussão, felizmente para o bom nome da Ordem. Ninguem sabe ao certo o que aconteceu, se ele tinha alguma doença preexistente, ou coisa afim. Espero que a familia dele tenha sido acompanhada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: