Arquivo de agosto, 2012

3ª SESSÃO DA LOJA CONCÓRDIA, HARMONIA E PAZ REÚNE 450 MAÇONS

Posted in Eventos with tags on 18/08/2012 by J.D.

 

A 3ª Sessão da Loja Concórdia, Harmonia e Paz, realizada pela Grande Loja Maçônica do Estado de Mato Grosso (GLEMT), em parceria com o GOEMT e GOB-MT, no dia 18 de agosto de 2012 (sábado), às 20h00, no Templo do Grande Oriente do Estado de Mato Grosso (GOEMT), comemorativa ao Dia do Maçom, em Cuiabá, reuniu 450 obreiros das três Potências Maçônicas. O ponto alto da sessão foi a palestra ministrada pelo irmão Fernando Kinoshita, que discorreu sobre “Liberdade”.

Na primeira parte da sessão, os três Grão-Mestres, irmãos Jurandir da Silva Vieira (GLEMT), José Simioni (GOEMT), e Júlio Tardin (GOB-MT) aprovaram e assinaram um Protocolo de Intenções para a unicidade das ações e da criação de um Conselho DeMoley em Mato Grosso. Também assinaram o documento os Grandes Mestres Estaduais da Ordem DeMoley, irmãos José Roberto Schmaltz e Alcindo Rodrigues de Moraes.

A segunda parte foi dedicada à palestra do irmão Fernando Kinoshita, irmão iniciado na Loja Simbólica Razão e Justiça, no Oriente de Cuiabá, jurisdicionada ao GOB-MT, e hoje está no Oriente de Florianópolis (Santa Catarina).  Ele é professor universitário, PhD na área dos direitos e escritor de temas filosóficos.

O irmão Kinoshita lembrou que a Liberdade está estreitamente ligada à Igualdade e Fraternidade, tríade que, juntas, se completam. Ele lembrou que a Liberdade é a livre manifestação do pensamento, e se constitui uma constante busca. “Como maçom, não somos apenas livres, mas de bons costumes”.

Os três Grão-Mestres manifestaram-se bastante satisfeitos com o evento, que a cada ano fortalece as colunas da Maçonaria Unida Mato-grossense, cuja iniciativa vem servindo de exemplo para o Brasil. O Venerável Mestre da 3ª Sessão da Loja Concordia, Harmonia e Paz, irmão Jurandir da Silva Vieira, Grão-Mestre da GLEMT, lembrou que as duas cisões que houveram na Maçonaria do Brasil tiveram seu ponto positivo, pois possibilitou a criação das Grandes Lojas e dos Grandes Orientes Independentes, que em Mato Grosso constituem a Maçonaria Unida.

Fonte: http://www.goemt.org.br/imprensa/?CategoriaCod=2&NoticiaCod=161
Autor: Moises Portugal

 

Policia investiga grão mestre da maçonaria acusado de desviar verbas publicas

Posted in Sem classificação específica, Textos genéricos! with tags , , , , on 05/08/2012 by J.D.

Kelly Almeida

Publicação: 02/08/2012 08:34 Atualização: 03/08/2012 09:54

Jafé Torres é um dos principais alvos dos policiais na operação (Joel Figueiredo Thé/Esp. CB/D.A Press)
Jafé Torres é um dos principais alvos dos policiais na operação

Policiais civis realizam desde o começo da manhã desta quinta-feira (2/8) a Operação Firewall, para cumprir oito mandados de prisão e 17 de busca e apreensão, com o intuito de desmontar um grupo investigado por suposto desvio de verbas públicas. O esquema de corrupção teria começado em 2009, por meio dos recursos destinados ao Programa DF Digital, da Secretaria de Ciência e Tecnologia.

Entre os principais alvos dos policiais está Jafé Torres, grão-mestre da instituição maçônica Grande Oriente do DF e um dos representantes da Fundação Gonçalves Lêdo (FGL). Os agentes estiveram na casa dele pela manhã, mas o acusado não foi encontrado. Torres já é considerado foragido pela polícia. Outros quatro homens também estão foragidos e dois estão presos na Delegacia de Combate ao Crime Organizado (Deco). Foram apreendidos computadores e documentos.

De acordo com a Deco, a FGL recebia cerca de R$ 34 milhões anuais para gerir o programa e promover inclusão digital à população do Distrito Federal. Mas, de acordo com as denúncias, a verba teria sido desviada e, com isso, o programa nunca apresentou resultados satisfatórios. As investigações indicam ainda que a fundação subcontratava empresas com valores superfaturados para desviar dinheiro. A intenção da polícia é ouvir simultaneamente os suspeitos e localizar indícios que qualifiquem os crimes de peculato e formação de quadrilha.

Leia a reportagem completa aqui. <—- Quando acessar a página do Correiobrazilianse, clique no filme!